O Centro de Estudos e Aperfeiçoamento da Procuradoria Geral do Estado da Bahia (CEA), em parceria com a Escola de Contas Conselheiro José Borba Pedreira Lapa (ECPL), do Tribunal de Contas do Estado Bahia, realizam, no próximo dia 10, às 10h30, através do canal do TCE no YouTube, a oitava live sobre Políticas Públicas – A Arte do Encontro. O evento é gratuito, com certificação e as inscrições podem ser realizadas no site www.tce.ba.gov.br/eventos .

Nesta edição, a apresentação terá como tema “Liderança Inovadora e Transformação Cultural – Para além do digital”. A palestrante será a antropóloga urbana Monica Simionato.  A mediação ficará a cargo da procuradora chefe do Centro de Estudos e Aperfeiçoamento, Renata Fabiana Silva.

A palestrante

Monica Simionato é antropóloga urbana (Itália), Mestre em Jornalismo (França), está atualmente conduzindo pesquisas sobre estresse, trauma e liderança, para seu doutorado no Canadá. Professora universitária, lecionou na Itália, Suécia, EUA, França, Canadá e no Brasil na FGV Direito (São Paulo). Mônica publicou uma dezena de livros entre Brasil e Itália, dentre eles Liderança para advogados (Saraiva 2013).

A mediadora Renata Fabiana S. Silva é procuradora chefe no Centro de Estudos e Aperfeiçoamento da Procuradoria Geral do Estado da Bahia (PGE/BA). Doutoranda em Direito pela Universidade de Sevilha – Espanha em regime de Cotutela com a Universidade de Valência. Mestra em Direito Público pela Universidade de Sevilha – Espanha. Pós-graduada em fundamentos de Direito Público Global pela Universidade da Coruña – Espanha. Professora de Direito Administrativo da UNIFACS.

Parceria

A realização deste evento, assim como de uma série de outros que já ocorreram e ainda acontecerão é resultado de um acordo de Cooperação Técnica firmado entre a PGE e o Tribunal de Contas do Estado (TCE) para estabelecer a cooperação técnico-científica e cultural e o intercâmbio de conhecimentos , informações e experiências entre os partícipes, visando à formação, aperfeiçoamento e especialização técnica do quadro de pessoal, bem como ao desenvolvimento institucional mediante a implementação de ações, programas, projetos, atividades complementares de interesse comum aos acordados.

O acordo permite a promoção de eventos conjuntamente, sobre temas de interesse comum, e especialmente, sobre intercâmbio de informações, tecnologias e publicações para o desenvolvimento da educação corporativa da gestão e da advocacia pública, além de prevê a formação, o aperfeiçoamento e a especialização técnica de recursos humanos e desenvolvimento institucional.