No dia 5 de outubro será realizada, em Brasília (DF), a entrega do Prêmio de Inovação: Judiciário Exponencial. A iniciativa, que ocorre durante a 5ª edição do Congresso de Direito, Tecnologia e Inovação para o ecossistema de Justiça (Expojud), visa incentivar projetos inovadores de tecnologia, gestão e novas metodologias no âmbito do Ecossistema de Justiça, assim como soluções criadas para o enfrentamento da pandemia de Covid-19.

O prêmio destaca cases de sucesso e profissionais com perfil empreendedor em suas instituições, em seis categorias: Inovação Tecnológica, Inovação na Gestão, Enfrentamento da Crise, Laboratórios de Inovação, Liderança Exponencial e Executivo de TI Inovador.

O procurador do Estado da Bahia, Bruno Cunha Costa, é um dos três finalistas na categoria Liderança Exponencial, e o projeto “Central de Atendimento Digital” também é finalista da categoria Inovação na Gestão, do Prêmio de Inovação Judiciário Exponencial – Edição 2021.

A premiação da primeira categoria objetiva promover e reconhecer os líderes que se destacam pelo perfil inovador e atitude empreendedora em suas instituições, a fim de enfatizar e repercutir as iniciativas relacionadas à melhoria dos serviços prestados em benefício da sociedade. A definição do vencedor será por voto do público inscrito na 5ª Edição do EXPOJUD, que acontecerá de 05 a 07 de outubro de 2021.

Na categoria Inovação na Gestão, estão concorrendo projetos que geraram inovação na gestão, no uso de novas abordagens metodológicas e tecnologias em processos internos à instituição.

Para votar em um dos finalistas, é necessário que as pessoas estejam inscritas no Expojud. As inscrições são pelo site: www.Expojud.com