Integrantes do grupo de trabalho do projeto Nova Estrutura Organizacional (NEO) da Procuradoria Geral do Estado da Bahia participaram, nesta terça-feira (16), por videoconferência, do 2º Workshop de Diagnóstico da Estrutura Organizacional. A atividade, realizada através da plataforma Teams, foi a primeira de um total de 07 oficinas programadas para acontecer e contou com a participação de representantes do Gabinete, Corregedoria e Representação no Distrito Federal.

“O propósito desses encontros é apresentar a sistematização das informações levantadas e das análises elaboradas até o momento, assim como permitir, de forma colaborativa, o adensamento dessas análises à luz do contexto de pensar uma arquitetura organizacional aderente aos desafios do presente e futuro da instituição”, afirmou o consultor do Instituto Publix, João Mota, que explicou ainda que, antes dos workshops, foi realizado um processo amplo de levantamento de dados e informações a partir da realização de entrevistas em profundidade com atores-chave internos e externos, análise de benchmarks nacionais e internacionais, análise de documentos normativos e estratégicos, cadeia de valor, entre outros. Essas informações foram sistematizadas e sintetizadas, propiciando um conjunto de análises sob múltiplas perspectivas.

João Mota informou também que o conjunto de workshops de diagnóstico envolverá a participação de mais de 70 gestores, especialistas e técnicos da PGE e propiciará a integração de áreas afins para discussões do conteúdo. “Essas discussões colaborativas, envolvendo representantes de todas as unidades da PGE, almeja gerar diretrizes importantes para a formulação de um modelo de estrutura organizacional que potencialize os pontos fortes da estrutura atual, assim como permita melhorias no desenho, em busca do fortalecimento institucional da PGE e que repercuta em melhor atender ao Estado e, por sua vez, a sociedade”, destacou.

Hoje

Neste 2º Workshop de Diagnóstico da Estrutura Organizacional foi feita uma recapitulação sobre o status atual do projeto e a metodologia utilizada. O workshop contou também com uma apresentação das sistematizações realizadas até o momento (Matriz de Stakeholders, Matriz de Natureza das Demandas, e dados quantitativos das demandas).

Os trabalhos do dia foram encerrados com uma discussão sobre resultados e ganhos por área, o levantamento e validação do quadro de entregas, além de uma discussão acerca dos pontos fortes e fracos e das causas dos pontos fracos.

As próximas oficinas acontecem no dia 17/06 (Procuradoria Judicial, Procuradoria do Interior e Coordenação de Cálculos e Perícias), 18/06 (Procuradoria Administrativa e Procuradoria de Controle Técnico), 22/06 (Procuradoria Fiscal e área fiscal da Procuradoria do Interior), 19/06 (Diretoria Geral e Centro de Estudos e Aperfeiçoamento), 23/06 (Central de Recepção de Atos e Coordenação de Distribuição e Atendimento) e 24/06 (Coordenação de Gestão Estratégica e Coordenação de Controle Interno).