Integrantes do Fórum dos Procuradores Gerais dos Estados do Nordeste reuniram-se, na manhã desta quinta-feira (16), na sede da Procuradoria Geral do Estado de Sergipe, para discutir questões comuns aos Estados e deliberar sobre algumas medidas para atuação conjunta das instituições.

Na ocasião foram colocados em pauta temas como o acompanhamento de ações judiciais perante o STF e o exercício de direito de preferência na venda de ações da Gaspetro.

“A realização desta reunião hoje é de fundamental importância, principalmente em função da necessidade de análise de alguns temas específicos. Precisamos, de maneira conjunta, buscar alternativas para defender os interesses dos Estados do Nordeste. Temos que nos articular para fortalecer posições e assegurar o futuro do desenvolvimento da nossa região”, afirmou o procurador geral do Estado da Bahia, Paulo Moreno Carvalho.

Também participaram do encontro, o procurador geral do Estado de Pernambuco, Ernani Varjal Medicis Pinto, do Estado de Sergipe, Vinicius Thiago Soares de Oliveira, do Estado da Paraíba, Fábio Andrade Medeiros, do Maranhão, Rodrigo Maia Rocha, do Piauí, Plínio Clêrton Filho, do Ceará, Juvêncio Vasconcelos Viana, e a procuradora do Estado de Alagoas, assessora do gabinete, Rosana Cólen Moreno.

O Fórum dos Procuradores Gerais do Nordeste é um espaço permanente criado no ano de 2015 pelos procuradores gerais da região, que serve para debater temas específicos de interesses regionais e a defesa em juízo perante causas que envolvem, sobretudo, os estados nordestinos, como repasses na educação e na saúde, que são inferiores em relação a estados de outras regiões, entre outros problemas comuns aos Estados, intercâmbios e trocas de experiências.