O procurador chefe do Centro de Estudos e Aperfeiçoamento da Procuradoria Geral do Estado da Bahia, Ailton Cardozo da Silva Júnior, e a procuradora Alzemeri Martins Ribeiro de Britto participam, no dia 12 de fevereiro, na Sala Inovation da Escola Nacional de Administração Pública (ENAP), em Brasília, do seminário ‘Organizações da Administração Indireta em Debate’.

O evento tem por objetivo debater modelos e arranjos organizacionais para o setor público, sob as lentes da administração e do direito, a partir da experiência do Governo Federal e dos governos subnacionais, de forma a contribuir para a construção de respostas e soluções para os desafios contemporâneos de transformação do Estado e melhoria da gestão pública.

Ailton Cardozo participará do Talk Show sobre ‘Administração Indireta e os Estados da Federação’, que acontece no turno vespertino.

Alzemeri Martins, que coordena o evento com Paulo Marques, diretor de educação continuada da Escola Nacional de Administração Pública (ENAP), será mediadora do Talk Show.

“Este evento é uma conquista do FONACE e do CONPEG. Estamos inseridos na agenda de discussão da Reforma Administrativa. São os procuradores do Estado que irão discutir a revisão do Decreto-Lei 200 na ENAP e apresentar propostas ao Ministério da Economia nesta ocasião. Participam dois procuradores da Bahia. Foi um grande esforço nosso, com destaque para a PGE/RJ”, afirmou Alzemeri Martins.

“É muito importante o envolvimento das Procuradorias, por meio do Fonace, nesta cooperação com a Escola Nacional de Administração Pública para que possamos nos incorporar neste importantíssimo debate que vai impactar muito intensamente a advocacia pública estadual, razão pela qual rendemos nossas homenagens a essa fundamental iniciativa”, destacou o procurador geral do Estado do Maranhão e presidente do Conpeg, Rodrigo Maia.

O seminário é resultado de um termo de colaboração firmado entre a PGE-BA e a PGE-RJ para o compartilhamento de tecnologia de projetos de infraestrutura, gestão de projetos e pessoas.